13 maio, 2018

Dia das mães



Uma flor é bela, uma paisagem pode ser bela, mas a imagem de uma mãe
transcende tudo aquilo que os olhos entendem por beleza.

30 abril, 2018

Morrer ...



Se eu fosse morrer amanha eu morreria feliz por ter te conhecido
antes de morrer...

04 março, 2018

Desejo ...

26 fevereiro, 2018

Separação não acontece por acaso ...



O amor nunca morre de causas naturais.
Ele morre porque as pessoas não sabem reabastecer a sua fonte.
Morre de erros, traições, e orgulho.
Morre por causa das feridas, mágoas, infidelidade, fome de carinho,
e tristeza; morre pela falta de diálogo, não cumprimento das promessas,
e falta de disposição de resolver os conflitos.

23 fevereiro, 2018

Amar ainda mais ...

Hoje eu te amo muito mais que ontem e muito menos que amanhã.
Há apenas um remédio para o amor.
Amar ainda mais.

David Thoreau

22 fevereiro, 2018

Sou Fênix ...



Não quero saber o que você pensou antes de errar comigo e nem de exterminar todos os 
resquícios de esperança que eu tinha no nosso amor.
Um amor que, para mim, era o mais verdadeiro e simples possível.
Me enganei.
Que amor onde?
E quando?
Em qual parte da história?
Nenhuma! 
Não, não, não.
Nadica de nada de amor.
Agora quero que você saia de mim como suor que sai do corpo em um dia quente; 
rápido e indolor.
Quero te cuspir dos meus lábios, te expulsar da minha mente, te chutar da minha alma 
e te exorcizar do meu corpo.
Sim, exatamente!
Quero fingir que você nunca foi parte do que eu sou, quero me livrar de toda aquela 
porcaria de vida que a gente planejou.
Eu quero!
Quero muito, QUERO INFINITAMENTE QUE VOCÊ VIRE POEIRA NA MINHA ALMA!
Por te amar tanto, por me amar tanto, quero que sejamos livres, para não sofrer mais 
do que já sofremos.
Você foi o erro mais gostoso que eu cometi.
O delírio mais forte, o grito mais ensurdecedor.
Essa sou eu agora, em paz, com a consciência leve por ter, ao menos, tentado ser a 
melhor pessoa do mundo pra você, pra nós, pra mim.
Eu, em paz, por ser uma pessoa diferente e cheia de luz, independente dos tropeços.
Eu, Fênix, me bordando novamente por entre as cinzas.

21 fevereiro, 2018

Se eu tivesse ...



Ah se eu tivesse os olhos do tempo...
Não teria desperdiçado tanto amor...
Com certeza hoje seria a pessoa mas cheia de amor...
Tivera eu a chance de voltar esse tempo e recomeçar...
Mas já passou e agora e só esperar...
Quem sabe um dia acontecer o que possa sentir um dia,
o amor de um homem e que me faça tremer e amar...

Volte sempre !! Beijokas de jan e em memória Tony